A verdade sobre os perfumes vegan

Vamos lhe contar a realidade do “Cruelty free” na perfumaria.

Na Europa, desde 2013, com a entrada em vigor do Regulamento Europeu n.º 655/2013, não é necessário um selo Cruelty free  que certifique que um produto não foi testado em animais, uma vez que, por lei, nenhum cosmético o pode ser.

Muitas marcas aproveitam-se deste falso valor usando a declaração cruelty free”, para melhorar a sua imagem ou atribuir valores que por si só, são obrigatórios.

Hoje em dia, é común ver, como algunas empresas dão a entender aos consumidores que um produto tem um beneficio que, na realidade, é apenas um mero cumprimento da lei. Nesse  caso, que o perfume seja “Cruelty free” é uma obrigação, não uma opção.

Desde quando a Europa não realiza testes em animais?

A proibição de realizar testes de cosméticos em animais não é recente. Mas foi estabelecida em 2004 para os produtos cosméticos, e em 2009 para os ingredientes cosméticos e a distribuição de produtos cosméticos que contenham ingredientes testados em animais. Finalmente, foi em março de 2013, que entrou em vigor a proibição total de testes em animais de ingredientes utilizados exclusivamente em produtos cosméticos.

Os consumidores podem estar descansados de que os cosméticos fabricados e importados para a Europa, não forma testados em animais.

Além disso, desde o dia 1 de julho de 2019, a proibição de testes em animais foi incluida no Documento Técnico sobre reivindicações cosméticas acordado pelo Sub-grupo de Trabalho sobre Reivindicações.

Este documento foi elaborado com o objetivo de establecer um código de boas práticas na indústria cosmética, referindo-se expressamente à eliminação dos carimbos fraudulentos “Não testado em animais” e “Cruelty free”.

Hoje em dia, nenhum produto cosmético deveria de levar a etiqueta “Cruelty free” ou “Not tested on animals”. É equivalente a dizer: cumpre as normas, tão como os outros.

Vegan é o mesmo que Cruelty free?

Não, um produto vegan, além de não ser testado em animais, não deve conter nenhum produto de origem animal. Em Portugal, é possível adquirir produtos cosméticos que contêm ingredientes de origem animal, como o mel, baba de caracol, cera de abelha, etc. Mas estes cosméticos não podem ser testados em animais.

Porque há empresas que colocam estes selos nos seus produtos?

Os consumidores que optam por um estilo de vida vegan, optam não só por uma dieta isenta de produtos animais, mas também por um estilo de vida ético em harmonia e respeito pelo reino animal. Só compram produtos que não contenham nenhum produto de origem animal.

Dada a crescente procura dos consumidores veganos, muitas empresas decidiram elaborar novos produtos sem ingredientes de origem animal, algo que representa um avanço a nível social, mas também no que diz respeito à perfumaria. Nenhum produto de origem animal é usado para sua preparação há muito tempo. Por exemplo, o almíscar, âmbar ou civeta, produtos que eram provenientes de animais, foram substituídos há vários anos atrás por ingredientes sintéticos.

Então, todos os perfumes são vegan? Os perfumes que podemos comprar na Comunidade Europeia são totalmente veganos. Eles não contêm ingredientes de origem animal nem são testados em animais. Tudo o que não cumpra com esses requisitos, estará fora da lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1
×
Olá, podemos ajudar?
Loading...
BESTPERFUM, UNIPESSOAL. LDA | Rua do Rio da Costa, 56 2645-221 Alcabideche | NIPC: 513401555